UFMA divulga a lista dos melhores jornalistas do Maranhão

Djalma Rodrigues, Douglas Cunha e Manoel dos Santos Neto, três dos homenageados

(PANORAMA SLZ)

O Conselho Universitário da Universidade Federal do Maranhão publicou, nesta sexta-feira (12), a Resolução nº 362 – Consun, referente à implantação da comenda alusiva aos 200 anos de fundação da Imprensa no Maranhão, a qual apresenta os nomes dos 50 homenageados eleitos por votação popular e critérios técnicos.
A entrega da comenda será realizada de forma presencial, no dia 21 de dezembro, a partir das 19 horas, em cerimônia no Palácio Cristo Rei, localizado na Praça Gonçalves Dias, Centro de São Luís e marca o encerramento das comemorações dos 200 anos da imprensa no estado.
Conforme reunião on-line realizada no dia 18 de março deste ano, entre os membros da comissão de implementação, ficou acertado que seriam entregues 50 comendas a personalidades que representam a tradição dos 200 anos de existência da imprensa maranhense. E, dessas, 10 comendas foram escolhidas por votação popular, por meio de um questionário no Google Forms, distribuído entre profissionais, estudantes, professores e demais pessoas ligadas ao ambiente da imprensa maranhense — em todas as suas plataformas (jornal impresso, rádio, TV, publicidade, internet, redes sociais) —, da história e das ciências humanas e sociais.
De acordo com o presidente da comissão e idealizador do projeto, Marcos Fábio Belo Matos, essa comenda é fruto do trabalho de seis meses de uma comissão técnica criada pela Reitoria da UFMA para instituir a honraria, formada por cinco membros da Universidade e cinco membros de entidades ligadas à arte e à cultura no estado. “Da UFMA, os representantes da comissão foram da Reitoria, da Coordenação de Cerimonial, do curso de Comunicação Social – Jornalismo, dos câmpus de Imperatriz e de São Luís, e do curso de Licenciatura em Ciências Humanas do câmpus de Grajaú. Já da sociedade, a comissão foi representada pelas Academias Imperatrizense de Letras, Maranhense de Letras, Ludovicense de Letras, pelo Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão e pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais”, pontuou.
Marcos Fábio Matos destacou que durante o período de seis meses, a comissão organizou as normas para a escolha dos agraciados. “Foram selecionados 40 nomes por critérios técnicos e 10 por votação popular. Pelo formulário da votação popular, disponível no período de 1º a 15 de abril, nós recebemos 788 respostas, desse total, nós escolhemos os dez nomes mais votados, que são os dez primeiros que estão na resolução.
Os outros 40 nomes foram escolhidos por critérios técnicos da comissão, a partir de categorias pré-definidas, como empreendedores, jornalistas, produção jornalística, entre outras. Os nomes apresentados representam, em várias categorias, personalidades que deram uma grande contribuição à imprensa, e, portanto, simbolizam as respectivas áreas vinculadas a comunicação”, explicou.
Sobre o Projeto
O projeto 200 anos de Imprensa no Maranhão visa resgatar e enaltecer o bicentenário da introdução da imprensa no estado, de forma a proporcionar uma revisitação da memória, tanto do acontecimento em si quanto da trajetória da imprensa nesses dois últimos séculos. É desenvolvido pela união entre a Universidade Federal do Maranhão – por meio da Diretoria de Comunicação (DCom) da Superintendência de Comunicação e Eventos (SCE) – com a Fundação Josué Montello, a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) e a Vale.
Em abril de 1821, foi fundado, na capital do Maranhão, a colonial cidade de São Luís, que ainda não era conhecida como Atenas Brasileira, o primeiro jornal do Maranhão. Chamava-se “O Conciliador do Maranhão” e se tornou o marco inicial da atividade jornalística que, nesses 200 anos, mostrou-se pujante e bastante diversificada.
Para comemorar esse momento, a UFMA está organizando uma série de eventos em 2021. As ações estão sendo organizadas e efetivadas pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec) e pela Superintendência de Comunicação e Eventos (SCE), por meio da Diretoria de Comunicação da Universidade (DCom).

Lista dos jornalistas que serão agraciados com a comenda da UFMA

Alberico Carneiro
Amaral Raposo
Bandeira Tribuzi
Benedito Buzar
Bernardo Coelho de Almeida

Célio Sérgio Serra Ferreira
César Hypolito
Chafi Braide Júnior

David Peres
Djalma Rodrigues
Douglas Pinto
Douglas Pires Cunha
Dreyfus Nabor Azoubel

Edvânia Kátia Sousa Silva
Francisco Melo Filho
Félix Alberto Gomes Lima
Herbert Fontenele Filho

Jailson Mendes
José Louzeiro
José Ribamar Bogéa
José Ribamar Gomes (Gojoba)
José Sarney
Josilda Bogéa
Jurivê Macedo

Luiz Carlos da Cunha
Lukas Carvalho

Manoel dos Santos Neto
Marcelo Cheche Galves
Marcelo Rodrigues
Márcia Maria de Paiva Coimbra
Marcos Saldanha
Mário Lincoln
Moacyr Sposito Ribeiro

Nascimento Moraes Filho
Neiva Moreira

Othelino Nova Alves

Paulo Melo Sousa
Pedro Freire
Pergentino Holanda

Raimundo Borges
Raimundo Rodrigues
Ribamar Correa
Roberto Fernandes

Sebastião Barros Jorge
Sebastião de Almeida Negreiros
Sérgio Antônio Nahuz Godinho
Sidney Pereira

Zefinha Bentivi

2 pensou em “UFMA divulga a lista dos melhores jornalistas do Maranhão

  1. Mas que merecido, esse reconhecimento pela excelência do serviço prestado através do jornalismo sério e responsável.
    Meus parabéns a todos em especial a Djalma Rodrigues, meu tio, amigo e que admiro desde de que me entendo por gente. Você é um profissional, mas acima de tudo um ser humano incrível.

  2. Eu não conheço nenhum jornalista que tenha o raciocínio mais rápido do que Djalma Rodrigues. O jornalista e completo. Desenvolve qualquer assunto com conhecimento. Sabe como ninguém juntar as palavras em textos leves, embora, as vezes o assunto seja pesado. Djalma Rodrigues!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.